Com certeza você já se viu na seguinte situação: uma pessoa chega até a sua empresa em busca de um produto e não o encontra. E, com isso, ela sai da loja e vai comprar com o seu concorrente. Essa situação é bastante comum e evidencia uma grave falha de processo: a falta de uma gestão do estoque eficiente.

Uma má administração da sua armazenagem de produtos pode trazer sérias consequências para o negócio: não conseguir atender aos seus clientes, perder vendas, conviver com mercadorias vencidas, ver as prateleiras vazias, ser obrigado a fazer compras de última hora sem a possibilidade de negociação, dentre outras situações.

Neste artigo, separamos as principais dúvidas sobre a gestão do estoque e as respondemos. Quer saber mais? Então não deixe de acompanhar os próximos parágrafos!

1. O que é controle do estoque?

De uma forma geral, gestão do estoque consiste na administração dos recursos materiais que vão gerar receitas para a empresa. O que pode ser produtos e mercadorias que vão alimentar as prateleiras e gôndolas de uma loja ou os insumos que serão usados na prestação de algum serviço.

Porém, essas empresas não deixam todos os produtos expostos e alguns deles acabam armazenados em depósitos. Esses locais são chamados de estoque e têm a função de substituir os produtos e insumos assim que eles se esgotam na loja. O controle de estoque tem por objetivo manter esse ciclo em bom funcionamento.

2. Qual importância da gestão do estoque?

Imagine uma montadora de carros. Ela tem fabricação em série e cada setor é responsável por produzir um pedaço do veículo e, no final, ele é encaminhado para as concessionárias. Porém, se acabar os parafusos durante a produção e o estoque não tem como repor, toda a linha de produção para e, aí, vem o prejuízo.

Situação parecida vive o varejo. Um determinado produto pode ter alta procura e se esgotar rapidamente das prateleiras. A demanda tende a continuar, mas se não houver reposição quem vai lucrar são seus concorrentes. Uma boa gestão do estoque evita essas situações e torna a sua empresa mais eficiente.

Além disso, quando se tem produtos na loja e no estoque fica mais fácil negociar com seus fornecedores. Afinal, consegue trabalhar melhor os prazos de entrega e ainda tem tempo para negociar melhores condições com eles.

3. Como fazer o controle do estoque?

Algumas práticas são essenciais para que possa gerenciar o seu estoque de maneira adequada sem que prejudique o funcionamento da sua empresa. Veja!

Previsão da demanda

É essencial para saber a quantidade de produtos ou matéria-prima que deixará no seu estoque. Para isso, é importante prever a demanda em épocas específicas do ano e realizar análises para entender como se dá a saída de produtos. Assim, é possível determinar o volume de cada mercadoria em seu inventário.

Monitoramento do sistema

De nada adianta conhecer sua demanda — tanto a prevista quanto a real — se não houver um monitoramento constante do estoque. Para manter a saúde das suas operações é importante saber a quantidade de produtos e insumos que tem no estoque em qualquer momento do ano.

Qualidade do armazém

Produtos se deterioram com o tempo, mas isso pode ser acelerado devido à umidade, local de armazenagem, pragas, dentre outras situações. Para não perder mercadorias e dinheiro é importante contar com um espaço de estocagem adequado.

Agora que já sabe um pouco mais sobre como fazer uma boa gestão do estoque está na hora de avaliar como está a sua armazenagem de produtos e assegurar que está adotando as boas práticas.

Se gostou deste guia com as principais dúvidas e respostas sobre a gestão do estoque, nos siga no Facebook e Twitter e tenha acesso a outros conteúdos relevantes!