O sucesso de uma empresa depende de conhecimentos que vem de diversas áreas: administração, marketing, economia, processos operacionais e vendas. Não basta ser expert em uma área e não saber nada de outra, é preciso um conhecimento geral e isso inclui entender sobre controle de fluxo de caixa da empresa, a fim de alcançar um equilíbrio e conseguir crescer e se destacar no mercado.

Dessa forma, podemos citar a gestão financeira como um dos pontos mais importantes para qualquer negócio. É preciso ter controle total de todo o dinheiro que entra e sai, além do registro de como ele é aplicado.

Para isso, utiliza-se o controle de fluxo de caixa. Você sabe o que ele é e qual sua importância? Confira o texto e descubra!

O que é o controle de fluxo de caixa?

O controle de fluxo de caixa é uma ferramenta de gestão financeira que possibilita o acompanhamento detalhado de todas as entradas e saídas do caixa de uma empresa. Ela deve conter todas as receitas e despesas realizadas em um determinado período de tempo.

É um dos principais pontos do controle financeiro, pois permite o monitoramento da movimentação monetária do negócio. 

De forma simples, podemos dizer que o controle de fluxo de caixa é formado pelo valor inicial, as entradas e saídas de dinheiro.

O valor inicial é o saldo que a empresa possui na conta bancária, que pode ser utilizado de imediato. As entradas incluem todas as formas de recebimento de dinheiro pela empresa (venda de mercadorias, prestação de serviços), e as saídas correspondem a todos os gastos da empresa (salários de funcionários, contas a pagar, troca de equipamentos e materiais, compras, etc).

Idealmente, o fluxo deve ser atualizado diariamente, para que não se perca o controle da situação financeira, principalmente em empresas com grande movimentação monetária.

Qual a importância para a empresa?

O controle de fluxo de caixa é considerado uma das principais ferramentas para a gestão financeira de qualquer empresa, pois ela fornece uma análise financeira do estabelecimento.

É um dos primeiros passos que devem ser realizados para que os gestores conheçam a realidade financeira de seu negócio, a partir do registro fiel de todas as movimentações financeiras que acontecem no dia a dia de trabalho. Ela permite que os gestores saibam, de forma objetiva, se a empresa ganha o tanto quanto gasta.

Dessa forma, é um dos principais pontos para a tomada de decisões em todas as áreas do negócio. A partir do que é registrado, é possível determinar a necessidade de diminuir os gastos ou aumentar o faturamento.

O acompanhamento mês a mês permite também a realização de um planejamento financeiro, baseado nas informações de entradas e saídas, como a realização de projetos e projeções. 

Quais os benefícios?

Os benefícios de realizar o controle de fluxo de caixa nas empresas são diversos, e incluem:

  • fornece organização financeira, permitindo que o gestor saiba tudo que entrou e saiu do caixa;
  • permite a identificação de gastos desnecessários dentro de algum processo;
  • permite a previsão de impactos financeiros causados por diferentes motivos (crise econômica, sazonalidade);
  • permite identificar o melhor momento para comprar e o melhor momento para pagar as contas pendentes;
  • permite verificar se o volume de vendas está suficiente para a empresa;
  • auxilia na otimização de custos.

Por fim, recomenda-se que o fluxo de caixa seja realizado em um sistema de gestão específico, o que torna o processo mais rápido e eficiente do que aquele feito à mão.

Se gostou do texto, siga a nossa página no Facebook e acompanhe nossas novidades. Até a próxima!