Muitas empresas buscam novas tecnologias para aprimorar a sua gestão e entre essas inovações estão os sistemas de auxílio da administração empresarial. São várias opções no mercado e uma delas é o ERP desktop. O Enterprise Resource Planning traz várias vantagens para um empreendimento, como a otimização nos fluxos de dados e agilidade nos processos de trabalho.

No entanto, ainda existem muitas dúvidas sobre optar por um ERP local ou um que oferece soluções na nuvem. Pensando nisso, preparamos este post para que você saiba o que é e quais os benefícios oferecidos por esse sistema de gestão empresarial. Confira agora!

Quais as diferenças entre um ERP desktop e um ERP na nuvem?

O ERP desktop e o ERP na nuvem apresentam muitas diferenças no modo como o sistema é executado e a forma de acesso às aplicações. No ERP desktop, a ferramenta é instalada nos computadores do empreendimento e requer que esses terminais sejam usados para que o programa seja acessado.

No tocante ao ERP na nuvem, o sistema fica hospedado em servidores na web e precisa ter acesso à internet. No entanto, isso pode acabar sendo um problema, uma vez que a má qualidade do sinal pode afetar o uso do sistema online.

Quais as principais vantagens de um ERP desktop?

Preparamos algumas das vantagens que esse sistema proporciona para a sua empresa. Confira a seguir:

Segurança de dados

Uma das grandes preocupações de uma empresa que deseja investir em tecnologia é a segurança de dados. Em relação ao ERP desktop, a sua inviolabilidade é muito maior, já que o software está instalado nos computadores da empresa e somente quem possui acesso a eles pode utilizá-los.

Além do mais, a hospedagem e o gerenciamento dos dados é realizado totalmente pela equipe de sua empresa, bem como as rotinas de backup. Isso permite que o seu negócio tenha muito mais autonomia para administrar o sistema.

No ERP na nuvem, todos esses dados ficam nos servidores da empresa desenvolvedora e os hábitos de backup também ficam sob responsabilidade dela. Isso acaba fazendo com que você não tenha um controle amplo como teria utilizando um sistema local.

Essa ferramenta online também pode ser acessada a partir de qualquer lugar. Contudo, dependendo da rede ou dispositivo que for acessado, você corre o risco desses dados serem invadidos e desviados.

Possibilidade de personalização

Os ERPs desktops são bastante personalizáveis. Dependendo do contexto, é possível requisitar o desenvolvimento de uma nova rotina, por exemplo, ou a alteração e inclusão de campos em determinada tela. Dessa forma, ao final da execução, o sistema apresentará o perfil exato que sua empresa necessita para trabalhar seus processos com total eficiência.

Contudo, o ERP na nuvem não proporciona essa flexibilidade. A customização é possível, mas não chega a ser tão ampla como nos ERPs locais.

Controle do processo de implementação

A instalação de um ERP desktop, principalmente por causa das customizações, acaba sendo mais demorada em relação ao software na nuvem, que está hospedado na internet e não exige a instalação em cada máquina da sua empresa. No entanto, você terá muito mais controle de todo esse processo de implementação.

Como se pode perceber, o ERP desktop e o ERP na nuvem são bem distintos em relação às suas características. Mas são nítidas as vantagens oferecidas por sistemas locais, e sua empresa deve optar por aquela que melhor atenda suas expectativas.

Gostou do nosso post? Gostaria de continuar informado sobre o assunto? Então assine nossa newsletter e receba conteúdos como este diretamente em seu e-mail!