O Demonstrativo de Resultado do Exercício, ou DRE, é um documento exigido pela Receita Federal às empresas para a prestação de contas anual. Por meio da DRE é possível conhecer com clareza a situação financeira da empresa e identificar se houve lucro ou prejuízo em determinado intervalo de tempo.

Se você tem dúvidas ou quer entender o que é DRE da empresa, continue a leitura e fique por dentro. Acompanhe!

O que é DRE da empresa?

A Demonstração do Resultado do Exercício é um documento cujo objetivo é detalhar com exatidão as contas que formam o Resultado Líquido de um exercício. Nele, são confrontadas as receitas, os custos e as despesas de determinado período.

Em geral, as informações que constam na DRE levam em consideração o período compreendido entre janeiro e dezembro de cada ano (12 meses), ou seja, compreendido como exercício financeiro. No entanto, é possível que o documento seja elaborado mensalmente, trimestralmente ou semestralmente para fins fiscais, conforme as necessidades de controle e gestão.

Como fazer a DRE?

O Demonstrativo do Resultado do Exercício é um importante documento de análise para garantir a saúde financeira e o desenvolvimento do negócio. Além disso, é um instrumento indispensável para guiar o planejamento estratégico e estabelecer um orçamento eficiente para a execução das operações.

Muito além de uma obrigatoriedade legal, a DRE é uma demonstração financeira que desempenha inúmeras funções dentro de uma boa gestão. Mas, como é feita a DRE? Quais informações estão contidas nesse documento?

Não existe um modelo exato e que seja seguido por todas as empresas, pois a elaboração da DRE varia de acordo com o porte da companhia e o tipo de atividade realizada. No entanto, algumas informações são exigidas pela legislação e devem estar contidas em sua estrutura.

Vejamos um esquema básico de uma DRE:

= Receita Bruta de Vendas
(-) Deduções das Vendas realizadas
= Receita Líquida de Vendas
(-) Dedução do Custo do Produto Vendido, da Mercadoria Vendida ou do Serviço Prestado (CPV/CMV/CSP
= Lucro Bruto
(-) Despesas Operacionais, Administrativas e Financeiras
(-)  Outras Despesas (por exemplo, em equivalência patrimonial)
(+) Receitas Operacionais
= Lucro Operacional Líquido
(-/+) Resultados não operacionais
= Resultado Líquido do Exercício

Na primeira é inserido o valor da Receita Bruta de Vendas, que se refere a todas as receitas de vendas em determinado período. Dela, são deduzidas as devoluções de vendas, os descontos, os tributos e os abatimentos. 

Com o total das vendas líquidas em mãos, é preciso deduzir os custos variáveis referentes à venda de mercadorias e produtos, composto pelo Custo de Produtos Vendidos (CPV,) pelo Custo de Mercadorias Vendidas (CMV) e pelo Custo dos Serviços Prestados (CSP).

Deduzindo esses valores chega-se ao Lucro Bruto. Dele subtraem-se as despesas variáveis (financeiras, operacionais, administrativas e gerais). No caso das receitas operacionais, elas são adicionadas à conta para chegar ao Lucro (ou Prejuízo) Operacional Líquido. Depois são acrescentados os resultados não operacionais para que se chegue, enfim, ao Lucro Líquido do Exercício (LLE).

É importante destacar que todo o processo de elaboração da DRE deve levar em consideração o acompanhamento do fluxo de caixa. Com informações precisas e confiáveis é possível avaliar a capacidade de geração de riqueza do negócio por meio de elementos que facilitem a ação do gestor no futuro.

Qual a importância de adotar a automação?

Na hipótese de ocorrerem erros e falhas como, por exemplo, a ordem dos fatores ser inserida de forma incorreta, o cálculo dos tópicos e subtópicos estar em duplicidade ou, ainda, as contas e despesas estarem em alocação errada, a elaboração e o resultado podem gerar uma percepção errada da realidade do negócio.

Por isso, contar com um bom software de gestão possibilita gerar informações adequadas quanto à estruturação da DRE, de modo que o documento não contenha erros e que reflita a situação real do negócio. Por meio de um software de gestão é possível otimizar a construção do fluxo de caixa e encontrar um fornecedor que ofereça as melhores soluções ligadas a DRE.

Agora que você já está por dentro do que é DRE da empresa, entre em contato conosco e conheça nossos serviços. Estamos aguardando por você!