Você já ouviu falar de turnover? Este termo é utilizado para mensurar a taxa de rotatividade de colaboradores de uma empresa, mensurando o impacto e o nível de saúde do negócio quanto ao giro de funcionários.

Esse rodízio é medido pelo número de rescisões e contratação e se o nível de demissões em uma empresa estiver alto, é hora de avaliar o que pode estar causando isso.

Afinal, demissões e admissões são processos que geram um ônus muito altos para a empresa e devem ser objeto de atenção dos gestores. Neste artigo, vamos apresentar algumas dicas de como reduzir o turnover e melhorar a gestão do seu negócio. Boa leitura!

Clima organizacional

O clima organizacional é apontado como uma das principais causas de turnover. Isso acontece porque hoje em dia os profissionais têm dado mais importância para a motivação e qualidade de vida no ambiente laboral.

Desta maneira, o setor de recursos humanos e o profissional responsável pela gestão de pessoas devem ficar atentos à manutenção de um bom clima organizacional. Assim, será possível evitar que os profissionais se sintam desmotivados ou insatisfeitos com o ambiente de trabalho.

Proporcionar um ambiente de trabalho adequado também reflete na produtividade e no rendimento dos colaboradores, outro aspecto positivo para a organização.

Remuneração

A remuneração é outro ponto importante no turnover e que deve ser objeto de atenção por parte do gestor. Os funcionários devem ser remunerados de acordo com a prática do mercado, uma vez que, se a sua empresa praticar valores inferiores, é provável que o número de saídas seja frequente.

Neste sentido, ao estabelecer regras de remuneração, é importante pensar não só no salário, mas nos demais benefícios que são oferecidos. Como exemplo, podemos citar plano de saúde, vale refeição, vale alimentação, vale transporte etc.

Políticas internas

Empresas que querem reduzir o turnover devem pensar também em oferecer oportunidades de crescimento para os seus colaboradores. Neste sentido, investir em planos de carreira é um excelente exemplo de política interna que funciona.

Os planos de carreira devem ser divulgados para todos os colaboradores e aplicados de acordo com regras predefinidas. Lembre-se que uma política como esta deve ser planejada e organizada a fim de que ela funcione a longo prazo.

Ao perceber o valor que a empresa dá para os seus funcionários, é natural que eles fiquem mais motivados para conquistar resultados, como acontece quando você sabe que pode crescer e receber um salário melhor pelos seus méritos.

Condições de trabalho

As condições de trabalho, além de ser um fator decisivo para o índice de turnover, são um aspecto relevante para qualquer empresa que deseja crescer.

Neste sentido, oferecer aos funcionários condições de trabalho adequadas é um preceito básico e que deve nortear todas as decisões do negócio. Afinal, o capital humano é imprescindível para que o negócio funcione.

Vale lembrar que o alto índice de turnover gera reflexos negativos para a empresa, tais como:

  • gastos elevados com recrutamento;
  • despesas com rescisão contratual;
  • queda na produtividade dos demais colaboradores;
  • problemas de sobrecarga de trabalho e acúmulo de funções.

Todos esses pontos mostram como é importante ficar atento ao turnover e adotar medidas para reduzir os índices de rotação de colaboradores e focar no desenvolvimento do trabalho.

Agora que você já conhece algumas estratégias para diminuir o índice de turnover, que tal aprofundar seu conhecimento sobre gestão?  Confira este artigo sobre gestão por competência e invista no desenvolvimento do seu negócio.